Campinense fica perto de igualar rivais e ter título inédito na sua história

Compartilhe essa notícia

Se a vantagem do Campinense de jogar as finais do Paraibano 2016 pelo empate no resultado agregado das duas partidas contra o Botafogo-PB já era boa, ontem ficou ainda melhor.

E isso significa que o Rubro-Negro está mais perto de conquistar um feito inédito na sua centenária história: ser campeão estadual de forma invicta.

Para isso, obviamente, o time de Francisco Diá não pode perder o jogo da volta, dia 15, no Amigão, mesmo que a derrota por um gol de diferença ainda sirva para a Raposa conquistar o bicampeonato.

 

Como venceu ontem por 3 a 2, no Almeidão, na partida de volta, no Amigão, o Campinense pode se dar ao luxo de perder.

O Rubro-Negro somou até agora 33 pontos no torneio e tem uma campanha de nove vitórias e seis empates em 15 jogos disputados.

Se depender do retrospecto na própria competição, o Campinense tem amplas chances de conseguir a marca histórica. Isso porque nos três jogos contra o Botafogo-PB na temporada, o Rubro-Negro não perdeu: foram dois empates e uma vitória.

Na primeira fase, em Campina Grande, a Raposa empatou com o Belo em 1 a 1, enquanto nos duelos em João Pessoa, aconteceu um 0 a 0 e o 3 a 2 de ontem para o time serrano.

Campeões invictos na Paraíba

Dentre as equipes paraibanas que ainda estão em atividade, segundo levantamento do jornalista Pedro Alves, três já foram campeãs estaduais sem perder nenhum jogo em suas campanhas.

E apesar do Treze ilustrar o estádio Presidente Vargas com a frase “único campeão invicto do Estado”, o cronista aponta o Botafogo-PB como maior especialista no feito.

O Belo, então, seria o único time que pode impedir o Campinense de entrar neste seleto grupo em 2016.

A primeira vez que o Belo saiu sem perder no estadual e com a taça nas mãos foi em 1949, quando em nove jogos, venceu sete e empatou dois.

Em 1953, a equipe pessoense repetiu o feito e sagrou-se campeão após vencer seis jogos e empatar dois.

No Paraibano de 1957, a campanha botafoguense teve sete vitórias e um empate.

No certame de 1970, quando Campinense e Treze não participaram do estadual, mais uma vez o Belo foi campeão paraibano invicto e a última vez que conseguiu alcançar a façanha foi em 1976, quando venceu 16 vezes e empatou três.

O primeiro campeão invicto que ainda está vivo no cenário futebolístico, no entanto, foi o Auto Esporte. No Paraibano de 1939, o Alvirrubro foi campeão após vencer seis jogos e empatar um.

Quem fecha a lista de campeões invictos ainda em atividade, finalmente, é o Treze. No torneio estadual de 1966, o Galo da Borborema jogou 14 jogos, venceu 12 e empatou dois, conquistando a taça de forma invicta.

FONTE: Da Redação