Advogado do Campinense rebate tentativa de apelação do Treze com ofício do STJD

Compartilhe essa notícia

Escaldada por conta de uma “surpreendente” liminar concedida há 15 dias pelo presidente do STJD, Caio César Vieira Rocha, a qual paralisou o Campeonato Paraibano, a defesa do Campinense se diz tranquila no que diz respeito à apelação que o Treze vai fazer para a FPF anular os jogos das semifinais do estadual.

Na tarde desta quinta-feira (20) a Federação marcou as partidas entre Campinense e CSP para domingo (22), às 16h, no Amigão, e quarta-feira (25), às 20h30, em João Pessoa.

Na interpretação de um dos advogados da Raposa, a entidade está correta em marcar os jogos. André Ribeiro rebateu a análise de George Ramalho e apresentou o documento expedido pelo próprio STJD para assegurar que as partidas não poderão ser consideradas nulas.

– No documento que consta o relatório do julgamento, e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva divulga esse ofício publicamente através do site da CBF, fica claro o grifo do próprio Pleno: ficou determinado por unanimidade a continuidade do Campeonato Paraibano, tornando sem efeito a liminar concedida (há 15 dias) pelo presidente do órgão. Não há o que discutir – argumentou o advogado rubro-negro.

Relatório_STJD

Imagem: CBF / STJD