Portuguesa e Vitória empatam; Santa Cruz se classifica

Compartilhe essa notícia

Portuguesa e Vitória se enfrentaram nesta quarta-feira, no Canindé, no jogo de ida do confronto da segunda fase da Copa do Brasil, mas não conseguiram balançar as redes, terminando o duelo com o empate em 0 a 0.

Em um jogo com bons momentos das duas equipes, a falta de pontaria e a boa atuação dos dois goleiros acabou impedindo a rede de balançar. Com isso, a definição da classificação ficou para o duelo de volta, em que o Vitória precisa apenas de um triunfo simples para se classificar e a Lusa joga por um empate com gols para avançar para a terceira fase.

O primeiro tempo começou bastante truncado, com as duas equipes tendo dificuldades na criação contra defesas bem postadas. A partir dos 15 minutos, o Vitória começou a exercer um leve domínio e criou uma boa chance. Alípio recebeu no lado direito e realizou um bom cruzamento no segundo pau para Vander. O atacante chegou batendo de primeira, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Apesar do princípio de pressão, o Rubro-Negro esfriou o ritmo de jogo e não criou outras grandes chances. Com isso, foi a Portuguesa que quase saiu na frente do placar. Aos 43, Guilherme Almeida recebeu um cruzamento preciso da esquerda e testou firme, obrigando o goleiro Wallace a se esticar para evitar o gol e manter o placar em branco no intervalo.

O jogo voltou morno para a segunda etapa e com poucas chances claras de gol. A melhor delas, aos 14 minutos, foi da Lusa. Após cobrança de escanteio, Talis subiu mais alto que a defesa e cabeceou para defesa firme de Wallace.

No final do jogo, no entanto, foi o Vitória que criou as melhores oportunidades. Aos 34, Kieza recebeu bom cruzamento da direita, porém, de frente para o gol, cabeceou para fora. Já aos 42, foi a vez de Diego Renan finalizar de fora da área e ver uma grande defesa de Luis Carlos. Aos 47, o lateral voltou a arriscar em cobrança de falta e, desta vez, viu a bola passar muito perto e sair pela linha de fundo.

Sem outras grandes chances para a rede balançar, o duelo se encerrou em 0 a 0 e deixou para ser definido no jogo de volta.

As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 19 de maio, uma quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Barradão. Quem garantir a classificação enfrentará o Cruzeiro na terceira fase, já que a equipe mineira venceu o Londrina fora de casa por 2 a 0, na última terça-feira, e garantiu a classificação sem a necessidade do jogo de volta.

 

Santa Cruz garante classificação antecipada  

O Santa Cruz foi ao Lomanto Júnior, nesta quarta-feira, enfrentar o Vitória da Conquista, pela segunda fase da Copa do Brasil. “De ressaca” após os títulos da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano, a equipe coral colocou um time alternativo em campo e, mesmo assim, conseguiu um triunfo por 2 a 0, com dois gols de Bruno Moraes, e garantiu a classificação antecipada para a terceira fase.

Com um time alternativo em campo após o título da Copa do Nordeste e da conquista da vaga na Copa Sul-Americana, o Santa Cruz sofreu uma grande pressão e viu o Vitória da Conquista ser superior na primeira etapa. A única chance clara de gol da equipe coral no primeiro tempo aconteceu aos 14 minutos, porém, Wallyson, que recebeu de frente para a meta, sofreu uma “travada” providencial do goleiro Carlos e não conseguiu balançar as redes.

Já o Vitória da Conquista criou diversas chances e chegou a carimbar a trave aos 42 minutos, em um chute forte de longa distância de Artur, porém, não conseguiu abrir o placar na etapa inicial.

Apesar de sofrer no primeiro tempo, o Santa Cruz conseguiu equilibrar as ações na segunda etapa. Se mostrando mais à vontade no jogo, a equipe coral criou uma boa jogada aos 17 minutos e abriu o placar. Lucas Ramon cruzou a bola para a área e Bruno Moraes se antecipou bem à zaga para mandar de pé esquerdo e colocar o Tricolor em vantagem.

Após sair atrás no placar, a equipe do Vitória da Conquista não conseguiu criar uma pressão em busca do empate. Sem ser incomodado, o Santa Cruz aproveitou para fazer o segundo e garantir a classificação. Aos 42, Léo Moura fez uma boa jogada e tocou para Wallyson. O atacante rolou de primeira para Bruno Moraes, que finalizou para a rede e sacramentou a classificação da equipe coral.

Com a vaga garantida, o Santa Cruz espera agora a definição do vencedor do duelo entre Vasco e CRB para conhecer seu adversário na terceira fase.

Ypiranga consegue boa vantagem contra a Aparecidense  

O Ypiranga-RS recebeu a Aparecidense-GO, no Colosso da Lagoa, e conseguiu uma importante vitória por 3 a 1. Os gols do Canarinho foram marcados por João Paulo (duas vezes) e Danilinho, enquanto Clayton Sales descontou para o Camaleão. Com o resultado, a equipe goiana precisa de uma vitória por 2 a 0 ou por três tentos de diferença no jogo de volta para garantir a classificação. Quem avançar deste duelo enfrenta o vencedor do confronto entre Ferroviária e Fluminense na terceira fase.