Cunha está afastado da presidência e do mandato

Compartilhe essa notícia

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, decidiu afastar o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, de seu mandato de deputado federal.

Com a decisão, Cunha perde não só a o comando da Casa, mas também o foro privilegiado – na prática, ele deixa de ser deputado e poderá ser julgado pela Justiça comum.

“Ante o exposto, defiro a media requerida determinando a suspensão, pelo requerido, de Eduardo Consentino da Cunha, do exercício de deputado federal e, por consequência, da função de Presidente da Câmara dos Deputados”, escreveu Zavascki, que é relator da Lava Jato, na peça, conforme a Rede Globo.

*Com informações do g1