Santa ignora vantagem e quer vitória para ser campeão da Copa do Nordeste

Compartilhe essa notícia

O campeão da Copa do Nordeste de 2016 será definido neste domingo, quando Campinense e Santa Cruz se enfrentam no estádio Amigão, às 16h (de Brasília), pela partida decisiva da competição.

No primeiro confronto, o Tricolor venceu por 2 a 1 com um gol nos acréscimos no Estádio do Arruda, e agora joga pelo empate para ficar com o título.

No entanto, Milton Mendes, técnico do Santa, não pensa em recuar e esperar o Campinense no campo de defesa. Apesar de tentar segurar a empolgação, ao falar sobre quem seria o capitão da equipe – já que o treinador promove um revezamento da faixa entre os atletas – o comandante deixou escapar a expectativa em vencer o confronto e conquistar seu primeiro título pela Cobra Coral.

“Minha forma de pensar é coletivamente. Não vou pensar em levantar a taça antes do jogo, antes de ganhar o jogo. A minha postura é sempre a mesma, tanto nos momentos negativos e positivos. Quero passar tranquilidade para os meus jogadores. O revezamento (de capitães) está sendo feito e vai continuar sendo feito”, disse o treinador.

Apesar de se mostrar confiante em levantar o caneco, o treinador não dispensa o treino das penalidades.

“O trabalho de pênaltis é feito. Já treinamos antes do primeiro jogo, até. Treinamos sempre isso, não é porque vamos para uma decisão, é um trabalho contínuo”.

“Foi linda a torcida aqui no Arruda. O torcedor interagiu muito e puxou os jogadores. Eu espero que nosso torcedor invada também o campo do adversário, porque vamos precisar muito. Vai ser um jogo difícil e vamos ter momentos complicados, mas quero contar com eles”, finalizou o treinador.

A torcida do Santa Cruz esgotou os dois mil bilhetes disponíveis para os visitantes em apenas uma hora.

Na decisão, além do empate, uma derrota pela diferença mínima, desde que o Santa marque dois ou mais gols, também traz para o Recife a taça da Copa do Nordeste.

Em caso de placar repetido, ou seja, vitória do Campinense por 2 a 1, o título será definido nas penalidades.

O Campinense foi campeão da primeira edição do Regional, em 2014.