Raposa perde o título de Campeão do Nordeste

Compartilhe essa notícia

O Santa Cruz conquistou neste domingo, o inédito título da Copa do Nordeste ao empatar por 1×1 com o Campinense, em pleno Amigão.

O atacante Rodrigão chegou a colocar a Raposa em vantagem aos 25 minutos do segundo tempo.

Mas a alegria da torcida raposeiraa durou pouco, pois Arthur empatou para o Santa aos 33 minutos, resultado que deu o inédito título ao time pernambucano, que havia vencido o jogo da ida por 2 a 1, no Estádio do Arruda.

O jogo

Mesmo com a vantagem do empate, o Santa Cruz foi para cima do Campinense e logo com um minuto de bola rolando, Grafite sofreu falta na entrada da área. Tiago Costa cobrou com categoria, mas mandou para fora, assustando o goleiro Gledson. Os donos da casa não se abalaram e também foram para o ataque, explorando as jogadas pelo lado direito.

Valendo título, a partida estava tensa. Tirando a chance na cobrança de falta, o Tricolor pernambucano tinha dificuldades para armar as jogadas. Levando ligeira vantagem, o Campinense teve grande oportunidade de abrir o placar, aos 18 minutos. Roger Gaúcho saiu cara a cara com Tiago Cardoso, mas errou a finalização.

O Santa Cruz respondeu na marca de 26 minutos. Arthur fez bela jogada pela direita, passou por Tiago Sala e cruzou para Grafite. O camisa 23 coral ficou de frente para o gol, porém chutou por cima e desperdiçou uma grande chance. O primeiro tempo terminou sem gols.

O Tricolor pernambucano voltou para a etapa final assustando Tiago Cardoso. Logo aos dois minutos, Arthur recebeu na entrada da área e chutou forte cruzado, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

O Campinense equilibrou as ações e não demorou a tomar conta do jogo, acuando o adversário. Aos 25, a Raposa abriu o placar. Rodrigão tabelou com Adalgiso Pitbull e, mesmo cercado por três marcadores, bateu no canto esquerdo de Tiago Cardoso.

O Santa Cruz sentiu o gol sofrido, mas rapidamente recuperou a concentração e chegou ao empate aos 33 minutos, com Arthur. Keno partiu para cima de Negretti, na esquerda do ataque, e cruzou para a área. Arthur errou a primeira finalização, mas pegou o rebote e colocou no fundo das redes.

Com o gol do Santa Cruz, o desespero passou para o outro lado. O Campinense partiu para cima na tentativa de marcar o segundo gol, que levaria a partida os pênaltis. O time coral trocava passes quando tinha a posse de bola, fazendo o tempo passar. Mesmo com os três minutos de acréscimo, a Raposa não conseguiu marcar e o título ficou com o Tricolor.

FONTE: Da Redação