Ronaldo sobre Cagepa: ”Essa perseguição Campina conhece”

Compartilhe essa notícia

O vice-prefeito de Campina Grande Ronaldo Filho afirmou que a Prefeitura Municipal de Campina Grande desconhece o valor da dívida no valor de R$ 70 milhões informado pela Companhia.

Ele diz que esse valor que a empresa afirma ter direito vem de muitos anos atrás porque a concessão que permitia o abastecimento d’água na cidade, e acabou em 2014, tem 40 anos.

– É estranho porque a CAGEPA presta um péssimo serviço em Campina Grande, é precário. Eu não sei se o presidente Marcos Vinicius, que é um homem correto, está entrando na escola do governador que gosta de uma briga, de uma arenga e gosta de confrontar as pessoas. Sendo necessário, a Prefeitura poderá sim fazer uma licitação para que empresas interessadas se apresentem para gerir água de Campina Grande e quem sabe até os serviços melhorem- alfinetou.

O vice-prefeito diz que não tem dúvidas que a cobrança é perseguição a cidade de Campina Grande.

– Essa perseguição Campina Grande já conhece, já sabe que Ricardo tem tido essa postura mesquinha, medonha, é da natureza dele – criticou.