Manoel Júnior confirma licença a partir de junho para fazer campanha

Compartilhe essa notícia

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB), pré-candidato a prefeito de João Pessoa, confirmou que pretende se licenciar do mandato, no início de junho, para se dedicar integralmente à disputa. Ele negou que antecipará esse pedido, mas argumenta que não tem como ficar no mandato.

Manoel Júnior tem como primeiro suplente André Amaral. “Em algum momento irei me afastar. Deverei até junho trabalhar normalmente na Câmara Federal. Será uma coisa natural, porque quero me dedicar em tempo integral”, disse.

A licença de Manoel Júnior pode gerar uma disputa judicial pelo primeiro mandato. O suplente André Amaral, que teve pouco mais de seis mil votos, é acusado de ter duplo domicílio eleitoral. Ele não teria transferido seu domicílio para a Paraíba a tempo e a Justiça Eleitoral só teria acusado essa situação depois das eleições.

O suplente da vez foi Elvis Presley, teve 2.111 mil votos, e ingressou na Justiça para questionar posse de André Amaral.