Preparador do Campinense não entende pedido de antidoping do Treze

Compartilhe essa notícia

O preparador físico do Campinense, Gian de Oliveira, criticou a realização de exame antidoping que vai ser realizado após a partida entre Campinense e Treze, às 16h30 do domingo (24), pelo mata-mata do Campeonato Paraibano.

Segundo o preparador, o Galo estaria suspeitando da preparação dos jogadores da Raposa, que atua em três competições distintas e mantém o ritmo de jogo.

“Eu fiquei surpreso com o pedido do antidoping. O Campinense participa da Copa do Nordeste e Copa do Brasil, competições que naturalmente realizam esse tipo de exame. É por isso que não entendi o pedido deles. Mas o dinheiro é deles e eles gastam como acharem melhor”, disse Gian de Oliveira.